SEDUC/AM apresenta em seminário projeto de 10 modalidades esportivas paralímpicas nas escolas da rede estadual

Fotos: SEDUC/AM

Evento reunirá professores de Educação Física do Amazonas, Acre, Roraima e Rondônia

A implantação de dez modalidades esportivas para atender estudantes com deficiência matriculados nas escolas da rede pública do Estado do Amazonas será um dos assuntos abordados pela Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC/AM), durante o Seminário Regional Paralímpico Escolar 2018, que acontecerá entre os dias 23 e 25 de maio, no Centro de Convenções Vasco Vasques, no bairro Flores, zona centro-oeste de Manaus.

Professores de Educação Física da rede pública estadual que atuam na capital e no interior poderão se inscrever até a próxima sexta-feira (18) no evento. As inscrições podem ser feitas no endereço: http://seminarioescolar.cpb.org.br/. O evento, organizado pela Academia Paralímpica Brasileira (APB), reunirá professores do Amazonas, Acre, Roraima e Rondônia, que fazem parte da Região Norte 1.

O evento tem como objetivo proporcionar aos participantes a inclusão, conhecimentos e experiências na área de esportes paralímpicos em cada deficiência; propiciar a oportunidade de divulgar experiências exitosas e inovadoras por meio da exposição de trabalhos; e capacitar, com conhecimentos técnicos e práticas pedagógicas, os profissionais que atuam com as modalidades oferecidas nas Paralimpíadas Escolares, nas diversas escolas estaduais da Federação e do Distrito Federal.

De acordo com o coordenador de Educação Física da SEDUC no Amazonas, professor Joel Soldera, o evento trará contribuições significativas para professores e alunos com deficiência atendidos pela rede estadual.

“Nós vamos discutir as nossas necessidades, enquanto professor, para com os nossos alunos. O que os estados, os municípios têm feito para poder melhorar a vida dessas crianças que têm algum tipo de deficiência? O que estamos fazendo para melhorar a vida delas falando da parte esportiva? Muitas vezes você pode até fazer a Educação Física, mas esse aluno acaba não praticando nenhum esporte e temos inúmeros esportes que podem ser praticados. Para nós é um ganho grande”, afirmou Soldera.

Novas modalidades paralímpicas – O ponto alto do evento para a SEDUC, segundo Soldera, será a apresentação do projeto de implantação de dez novas modalidades esportivas paralímpicas nas escolas estaduais de Manaus e do interior do Estado.

“Estamos em fase de implantação de dez modalidades esportivas nas escolas estaduais, que é atletismo, basquete em cadeira de rodas, bocha, futebol de cinco, futebol de sete, judô, golbol, natação, tênis de mesa e badminton. São essas as dez modalidades que vamos ofertar. O projeto está finalizado, deve chegar daqui a poucos dias no departamento de recrutamento de professor. Vamos falar também da implantação do golf-7 para pessoas com paralisia cerebral e do remo social que vai trabalhar com pessoas amputadas”, disse o coordenador.

Whatsapp Redação: (92)99191- 9814