Sandro Viana volta para Manaus com cinco medalhas: ‘Falta a olímpica’

Fotos: Jimmy Christian

O atleta amazonense Sandro Viana está de volta à terra natal com cinco medalhas obtidas nas últimas competições nacionais e internacionais. Na manhã desta terça-feira, 11 de julho, ele visitou a deputada estadual Alessandra Campêlo (PMDB), falou das suas últimas façanhas nas pistas e também dos seus próximos desafios. Ao mesmo tempo, revelou a ansiedade para receber a medalha de bronze tardia dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008.

 “Estou retornando depois de competir na Argentina, no Chile e em São Paulo, em torneios nos quais obtive cinco medalhas. Mas ainda falta a olímpica de Pequim 2008, que provavelmente deve ser entregue aos quatro atletas do revezamento numa solenidade no mês de dezembro, no Rio de Janeiro”, disse Sandro, sobre o bronze herdado após o doping da equipe da Jamaica.

 A justiça tarda, mas não falha… – Em janeiro, Comitê Olímpico Internacional anunciou que retirou a medalha de ouro da Jamaica do revezamento 4x100m rasos nos Jogos Olímpicos de Pequim de 2008. O motivo foi a confirmação de doping de Nesta Carter, que disputou as eliminatórias e as finais da competição pelo país da América Central.

Com isso, o Brasil, que acabou a prova em quarto lugar, herda a medalha de bronze. A equipe brasileira era formada por Vicente Lenílson, Sandro Viana, Bruno Lins e José Carlos Moreira. Com a decisão do COI, o Brasil passa a ter 17 medalhas no quadro geral de 2008: três de ouro, quatro de prata e nove de bronze. Além do Brasil, Trinidad e Tobago (que ficará com o ouro) e o Japão (agora prata) foram beneficiados pela decisão.

Sandro disputou três etapas do Grand Prix Internacional de Atletismo, sendo uma na Argentina (Buenos Aires) e duas no Chile (Concepcion e Santiago). Na Argentina, faturou a prata nos 400m rasos, enquanto no Chile faturou duas pratas na mesma prova. Já no Troféu Brasil, disputado em junho em São Paulo, o amazonense conquistou a prata no revezamento 4x100m e o bronze no revezamento 4x400m.

Transição no COB – A passagem por Manaus é rápida. O ídolo amazonense, que é apoiado por Alessandra Campêlo desde a época da Sejel (2012 a 2014)  tem viagem marcada para São Paulo na próxima quinta-feira, dia 13. Entre os dias 15 e 24, ele disputará dois campeonatos regionais visando obter marcas para o Mundial de Londres 2017. Além disso, Sandro também irá ao Comitê Olímpico Brasileiro, no Rio de Janeiro, onde iniciará o curso de transição de carreira de atleta, que é oferecido pela instituição aos heróis olímpicos do País.

Twitter: @PortaldoCareiro
Redação: (92)99191- 9814


Warning: A non-numeric value encountered in /home/portaldocareiro/public_html/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009