O que é desperdício zero?

Fotomontagem: Edson Brito - Portal do Careiro

A maioria das pessoas provavelmente não pensa muito sobre o lixo que joga fora. Afinal de contas, estamos todos tão ocupados com trabalho, família e redes sociais que é fácil ignorar a forma como nossa comida é embalada nos supermercados. Se você ainda não sabe, já existem empresas e organizações criando estratégias para descobrir como gerar menos, como descartar menos e como definir metas de “desperdício zero”. Embora a prática do desperdício zero possa parecer bastante simples, na verdade é mais complexa do que você imagina. A definição de resíduo zero varia muito, com várias organizações definindo o resíduo zero de maneira diferente, cada uma com sua própria interpretação sobre o que é preciso para chegar ao “zero” realmente.

A geração de resíduos pode ser diminuída através de uma variedade de opções, incluindo redução, reutilização, reciclagem ou tomada de medidas adequadas para evitar o desperdício por meio de soluções de projeto e engenharia. Um sistema de resíduos zero é cíclico, como na natureza, e faz duas coisas fundamentais:  redesenha nossos sistemas e uso de recursos – desde o design do produto até o descarte – para evitar práticas de desperdício e poluentes. Em seguida, captura os descartes e os utiliza, em vez de recursos naturais, para fabricar novos produtos, gerando muito menos poluição e alimentando a economia local.

Um sistema de desperdício zero tem:

– Novas regras e políticas que adotam uma abordagem responsável para usar e conservar os recursos naturais em declínio.

– Reciclagem e compostagem abrangentes ou biodigestão de materiais orgânicos.

– A redução sistemática dos aterros sanitários.

 – Novos processos de fabricação e design mais inteligente, onde os fabricantes são responsáveis ​​por todo o ciclo de vida de seus produtos, dando-lhes o incentivo para projetar o meio ambiente, NÃO o lixo.

 – Novos programas em todos os setores da nossa sociedade para mudar nossa cultura para longe do desperdício e para um senso de responsabilidade pelo nosso planeta e seu futuro.

 – Infraestrutura de recuperação de recursos para substituir aterros e incineradores e recuperar 90% ou mais de nossas devoluções.

– Políticas eficazes, regulamentos, incentivos e estruturas de financiamento para apoiar esses sistemas.

 – Cidadãos empoderados como você, que agora vivem em um sistema que apoia seus esforços, enquanto você continua pedindo o progresso do Desperdício Zero em sua comunidade.

Existem muitas pessoas e grandes empresas que se esforçam para atingir metas de desperdício e que estão modelando a eficiência e a sustentabilidade neste sentido, reduzindo o consumo e exigindo que os produtos sejam fabricados de maneira segura para todos e o planeta. Eles estão provando que nosso ar, solo e água não precisam ser poluídos, e que nossos recursos naturais não precisam ser destruídos. O desperdício zero é um grande desafio e o primeiro passo para qualquer desafio é o entendimento. Como exercício, pense nos três últimos itens que você comprou. Eles poderiam ser usados ​​novamente (reutilização)? Eles foram feitos com materiais recicláveis ​​ou podem ser reciclados (reduzindo recursos)?


Whatsapp Redação: (92)99191- 9814


 


Warning: A non-numeric value encountered in /home/portaldocareiro/public_html/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009