O ano letivo iniciou hoje mas a merenda não chegou nas escolas do interior

O ano letivo iniciou hoje mas a merenda não chegou nas escolas. Professores de Fonte Boa, Urucurituba, Nova Olinda, Manaquiri, Humaitá, Lábrea e Eirunepé informaram que não tem merenda nas escolas onde lecionam. A afirmação é do presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas, Marcus Libório. “É lamentável saber que não houve planejamento para garantir merenda escolar para os alunos”, disse.
Em Eirunepé, os alunos do turno matutino foram dispensados às 9h e não tem almoço nas escolas de Tempo Integral da capital.
“Se o abastecimento está precário na capital, imagine no interior que precisa de logística para esse alimento chegar”, afirmou Libório.
Segundo ele, as despensas das escolas começaram a ser abastecidas de ontem para hoje. “A Seduc sabia que isso poderia acontecer, afinal no início de janeiro a empresa de logística que prestava serviço teve o contrato rescindido. E para alguns municípios mais distantes a merenda já corria risco de atrasar, o que foi constatado hoje”, disse o presidente do sindicato.
Em Autazes, gestores, pais e professores vão comprar merenda com recursos próprios para evitar atraso no calendário escolar. “Eles vão improvisar com uma merenda que não supre as energias que alunos necessitam”.
Fonte: Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (Sinteam)
Whatsapp Redação: (92)99191- 9814