Muita propaganda política e pouca ação: Fotos, agradecimentos nas redes sociais, mas a cirurgia de vesícula até hoje não foi realizada

A Sra. Lucimara Rodrigues da Costa sofre com pedras na vesícula há quase dois meses, depois do caso se arrastar por longos dias entre idas e vindas do Careiro para Manaus e internações no Hospital João Lúcio, por telefone o Sr. Davi esposo da paciente recebeu uma boa noticia que a cirurgia da Sra. Lucimara estava marcada, que ela deveria se internar na segunda-feira dia (30) que na terça-feira (31) ontem ela seria operada, com essa informação o casal foi para o hospital, posteriormente chegou a Secretária de Saúde do Município do Careiro a Sra. Aldinéia e fez uma publicação no grupo de whatsapp comemorando o feito de ter conseguido pessoalmente a cirurgia, veja a seguir:

Alivio geral para a família do Sr. Davi, até em tão todos nós pensamos que finalmente estava tudo resolvido, muitos agradecimento a secretária de saúde, ao prefeito do município como se fosse um favor e não uma obrigação dos dois.

Na noite de ontem terça-feira (30) data marcada para a cirurgia o Sr. Davi publicou uma foto com a mensagem que ela já ia entrar para a sala de cirurgia conforme a baixo:

Depois de muitas horas em jejum a cirurgia ainda não foi realizada, a informação de hoje (01.11) é que a cirurgia não foi feita porque chegaram várias pessoas, esfaqueadas, baleadas no hospital e assim mais uma vez a cirurgia da Sra. Lucimara está sem previsão para ser realizada e a saga continua.

Da noite de ontem pra cá a frase que o Sr. Davi ouve quando vai perguntar sobre a cirurgia da sua esposa é “Espera aí que vai chegar a sua vez”.

O que esta faltando? Falta alguém no hospital que represente a Prefeitura do Careiro, que possa tomar decisões de falar com pessoas que possam agilizar a cirurgia,  se a  cirurgia não pode ser realizada no Hospital João Lúcio que essa pessoa tenha autonomia para procurar outro hospital como por exemplo o Hospital Delphina Aziz que realiza esse tipo de cirurgia, o que não pode é deixar o casal lá no hospital sem um acompanhamento de alguém que entenda da área de saúde. Tirar fotos para publicar nas redes sociais com elogios definitivamente não resolve o problema, menos propaganda política e mais ação!

Saúde um direito garantido na Constituição:  O direito à saúde, elevado à categoria dos direitos fundamentais, por estar interligado ao direito à vida e à existência digna, representa um dos fundamentos da República Federativa do Brasil, sendo considerado pela doutrina e legislação uma obrigação do Estado e uma garantia de todo o cidadão.

O Portal do Careiro está companhando esse drama vivido pela Sra. Lucimara uma cidadã  Careirense que precisa ter respeitado o seu direito a saúde.

Matéria: Edson Brito

Whatsapp Redação: (92)99191- 9814

Warning: A non-numeric value encountered in /home/portaldocareiro/public_html/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009