MPF no Amazonas tem nova chefia administrativa

Foto: Ascom MPF/AM

Thiago Pinheiro Corrêa foi aclamado entre os colegas como o novo procurador-chefe da unidade e terá como substituta a procuradora da República Michèle Diz Y Gil Corbi

A partir deste mês, o Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas está sob nova gestão administrativa. O procurador da República Thiago Pinheiro Corrêa foi nomeado para o cargo de procurador-chefe da unidade, em substituição ao procurador da República Edmilson da Costa Barreiros Júnior, que completou dois biênios à frente da chefia. O novo procurador-chefe terá como substituta a procuradora da República Michèle Diz Y Gil Corbi.

As designações das chefias de todas as unidades foram publicadas no Diário Oficial da União, por meio da Portaria nº 994 de 27 de setembro de 2019. No Amazonas, a indicação da nova chefia entre os procuradores lotados no estado se deu por meio de aclamação, já que houve apenas uma chapa inscrita, e foi confirmada pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, com a nomeação.

A chefia das unidades do MPF é um cargo de caráter administrativo. O procurador-chefe tem atribuição de dirigir, coordenar e supervisionar as atividades da Procuradoria da República, principalmente em questões administrativas, já que, no Ministério Público, cada membro é independente na sua atuação institucional. Entre as atividades do procurador-chefe estão a gestão dos recursos financeiros e humanos e a responsabilidade por contratos, convênios, projetos, acordos institucionais ou ajustes de interesse da unidade. O mandato de procurador-chefe é de dois anos a partir da nomeação e permite recondução.

Eleitoral – O procurador da República Rafael da Silva Rocha, que esteve à frente da Procuradoria Regional Eleitoral do Amazonas (PRE-AM) nos últimos dois anos, foi reconduzido ao cargo de procurador regional eleitoral para o mandato referente ao biênio 2019-2021. Como procurador regional eleitoral substituto, foi nomeado o procurador da República Armando César Marques de Castro.

Trajetórias – Thiago Pinheiro Corrêa é membro do Ministério Público Federal desde 2014. Natural do Rio de Janeiro, tem 31 anos e atualmente exerce suas funções como procurador da República no Amazonas desde janeiro de 2017, como titular de um dos ofícios do Núcleo de Combate à Corrupção. É pós-graduado em Direito pela Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) e atualmente está concluindo mestrado em Direito pela Universidade Católica de Brasília (UCB).

Entre novembro de 2014 e dezembro de 2016, exerceu suas funções na Procuradoria da República no Município de Cruzeiro do Sul, no Acre, onde integrou o grupo de controle externo da atividade policial durante o ano de 2016.

No Amazonas, já atuou como procurador regional eleitoral auxiliar durante as eleições suplementares de 2017 e nas eleições de 2018, além de integrar a Força-Tarefa da Operação Maus Caminhos.

Michèle Diz y Gil Corbi é membro do Ministério Público Federal desde 2016. Natural de São Paulo (SP), tem 31 anos e exerce suas funções como Procuradora da República na Procuradoria da República no Estado do Amazonas desde dezembro de 2017, com atuação como Procuradora Regional dos Direitos do Cidadão substituta e em questões afetas a direito do consumidor e ordem econômica.

Entre novembro de 2016 e novembro de 2017, exerceu suas funções na Procuradoria da República no Município de Santarém (PA). Desde 2018, é integrante dos Grupos de Trabalho Reforma Agrária e Migração e Refúgio, vinculados à Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão.

É pós-graduada em Direito pela Escola Superior do Ministério Público da União e pela Fundação Getúlio Vargas. Graduada em Direito pela Universidade de São Paulo.

Assessoria de Comunicação – Procuradoria da República no Amazonas


Whatsapp Redação: (92)99191- 9814


 


Warning: A non-numeric value encountered in /home/portaldocareiro/public_html/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009