Magistrados têm até sexta-feira para responder pesquisa Perfil Sociodemográfico

Juízes, desembargadores e ministros do Poder Judiciário têm até sexta-feira (25/5) para enviar ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) o questionário “Perfil Sociodemográfico dos Magistrados Brasileiros”.

Do total de 18.182 magistrados, 10.281 mil enviaram, até esta terça-feira, 22/5, seus dados ao Departamento de Pesquisas Judiciárias (DPJ) do CNJ, responsável pelo levantamento. Em resultados parciais, por segmento de Justiça, responderam ao questionário: 56% dos magistrados da Justiça Estadual, 50% dos magistrados da Justiça do Trabalho e 40% dos magistrados da Justiça Federal.

O DPJ lembra que é necessário que a pesquisa tenha pelo menos 64% de respostas para que os dados possam ser analisados e publicados. Informa, também, que os tribunais que atingirem 75% de participação de seus magistrados na pesquisa receberão um relatório específico sobre o perfil sociodemográfico de seus juízes e desembargadores.

files/conteudo/imagem/2018/05/393ddc771f8a3bd4830871c9a4967165.png

Acesso ao questionário – Para participar do levantamento e contribuir para que o CNJ atualize os dados sociodemográficos da magistratura basta clicar aqui. São 28 questões simples que tratam exclusivamente de informações sociodemográficas abrangendo perguntas sobre idade, gênero, cor, estado civil, formação acadêmica, carreira jurídica e órgão de exercício da magistratura.

O preenchimento do questionário é um procedimento rápido que não leva mais que cinco minutos para ser realizado. Ao incentivar que as questões sejam respondidas e enviadas, o CNJ garante o sigilo das informações e assegura que em nenhuma hipótese haverá a identificação das respostas.

Os magistrados que não conseguirem abrir o link devem entrar em contato com o DPJ por meio dos telefones (61) 2326-5266 / (61) 2326-5268 ou enviar mensagem para o e-mail[email protected].

Luciana Otoni

Agência CNJ de Notícias

Whatsapp Redação: (92)99191- 9814

Warning: A non-numeric value encountered in /home/portaldocareiro/public_html/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009