Hospital Francisca Mendes, adultos e crianças na fila da morte

Promotora de Justiça Silvana Nobre fala sobre a "Fila da Morte" Fotomontagem: Edson Brito/Portal do Careiro

Manaus-AM – 470 adultos e 214 crianças na fila da morte no Hospital Francisca Mendes em Manaus-AM. A informação foi dada pela Promotora de Justiça Dra. Silvana Nobre de Lima Cabral da Promotoria de Justiça Especializada na Defesa dos Direitos Humanos na Saúde Pública do Ministério Público do Estado do Amazonas em uma entrevista no último dia (5) a Rádio Mix Manaus no Programa 18 Horas ela fez um relato da situação da saúde no Estado do Amazonas.

Segundo a Dra. Silvana para acabar com a fila da morte o Estado tem que se comprometer com a alta complexidade que esses pacientes necessitam receber do Hospital Francisca Mendes que envolvem equipamentos para os leitos e centros cirúrgicos que hoje não estão absolutamente em funcionamento, mas requer também que o Estado aumente o teto das cirurgias cardíacas porque o Estado trabalha durante anos com um patamar que não atende a demanda que hoje existe no Estado do Amazonas, com o aumento do teto o Estado conseguirá aumentar esse atendimento as crianças.

Promotora de Justiça Dra. Silvana Nobre Cabral em entrevista na Rádio Mix

Ainda segundo a Promotora de Justiça o Estado não tem um cronograma de atendimento dos cardiopatas nesta falta a fila só cresce e chaga ao ponto que está.

Fila da Morte: Ouça a seguir o trecho da entrevista em que a Dra. Silva Nobre fala Ou nós damos conta do problema ou a fila da morte”.

Edital de Chamamento Público

Edital de Chamada Pública

A entrevista Completa você pode ver clicando AQUI

Fonte: Program 18 Horas da Rádio Mix Manaus

Edson Brito da Redação do Portal do Careiro


Whatsapp Redação: (92)99191- 9814