Dia ‘D’ da Mobilização no Amazonas para a Base Nacional Comum Curricular (BNCC)

Foto: Salomão Júnior/SEDUC

A Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC) promoveu, na manhã desta sexta-feira (16/03), a abertura oficial do Dia “D” da Mobilização no Amazonas para a discussão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) da Educação Infantil e do Ensino Fundamental. Em uma ação simultânea, 599 escolas da rede pública estadual da capital e do interior participarão da discussão. Toda a programação acontecerá nos três turnos das escolas.

O evento de abertura contou com a participação do secretário Executivo de Educação da SEDUC, Marcelo Campbell, que na ocasião representou o titular da pasta, Lourenço Braga; o secretário Adjunto do Interior, João Félix; a secretária Adjunta Pedagógica, Ana Cassia Marinho; e a subsecretária de Gestão Escolar da Secretaria Municipal de Educação de Manaus (Semed/Manaus), Euzeni Trajano. A cerimônia de abertura aconteceu no hall de galerias da SEDUC, no bairro Japiim 2, zona sul de Manaus.

O secretário Executivo de Educação, Marcelo Campbell, reforçou a importância do dia de discussão sobre a Base Nacional Comum Curricular. “Já estamos na terceira etapa da Base Nacional Comum Curricular, essa é a última revisão. O dia D de hoje é para que os nossos professores e os nossos alunos possam, efetivamente, dar as suas opiniões finais, para que a nova base curricular comum seja implantada no decorrer do próximo ano em todas as escolas. É uma revolução realmente no estudo que está fazendo a educação brasileira.”, afirmou Campbell.

A subsecretária de Gestão Escolar da Secretaria Municipal de Educação de Manaus (Semed/Manaus), Euzeni Trajano, afirmou que a base traz contribuições para a formação integral dos estudantes. “A Semed tem um trabalho muito sistematizado com relação às questões do abandono. Nós temos os centros municipais de atendimento sociopsicopedagógico e esses centros fazem o acompanhamento dos alunos e, sem dúvida, todo esse movimento agora pela base, vem contribuir com a formação integral da pessoa. Temos que, de fato, compreender essas novas diretrizes para que possamos avançar na garantia desse direito de aprendizagem”, destacou.

Neste dia de mobilização, professores, pedagogos, gestores e técnicos da educação das redes estadual, municipal e privadas de ensino da capital e do interior do Estado estudarão o documento, a fim de que se apropriem e compreendam a sua importância no processo de ensino-aprendizagem. A partir da mobilização, as escolas passarão a organizar atividades para divulgar e discutir a Base Nacional Comum Curricular com estudantes, pais e comunidade.

Ação também teve adesão do interior – As escolas do interior do estado também contarão com programações específicas para a discussão da BNCC, nesta sexta-feira. De acordo com o coordenador Estadual da BNCC no Amazonas, Antônio Menezes, a Secretaria realizou encontros com as Coordenadorias Distritais da Capital, responsáveis pelas unidades de ensino em Manaus, e com as Coordenadorias Regionais, responsáveis pelas unidades do interior, via Centro de Mídias de Educação (Cemeam), para orientar as escolas a organizarem suas discussões. “Disponibilizamos todos os documentos de orientação, inclusive o documento que o MEC (Ministério da Educação) elaborou como proposta de atividades para esse dia e um roteiro de atividades para as escolas se prepararem, se organizarem”, contou.

Escolas que oferecem educação infantil, ensino fundamental e ensino médio também participarão da discussão. “As escolas, nos três períodos vão discutir somente a base, tanto as escolas de educação infantil, ensino fundamental e até do ensino médio também, porque apesar da base homologada estar contemplando, nesse momento, somente educação infantil e ensino fundamental, os professores do ensino médio, por mais que a base do médio ainda não tenha sido homologada, precisam já ter uma noção do que é esse documento, para quando chegar a base homologada do médio eles já tenham uma apropriação inicial e um entendimento desse documento”, acrescentou Menezes.

Programação – O dia de mobilização será marcado por momentos de leitura de parte do documento da base; leitura sobre as dez competências, que perpassam todas as etapas da educação básica (educação infantil, ensino fundamental e ensino médio); momentos de reflexão sobre o que é a base, o seu papel, a sua importância, que cidadão a escola está formando, que cidadão ela precisa formar para o século 21 e seus desafios, referentes às redes sociais, ao momento econômico, às questões políticas; além de momentos de discussão coletiva, avaliando de que forma a base vai impactar na prática pedagógica em sala de aula.

BNCC – A BNCC foi homologada no mês de dezembro do ano passado para a educação infantil e ensino fundamental. É um documento normativo que estabelece os conhecimentos essenciais e mínimos que todos os estudantes do Brasil, sejam de escolas particulares ou públicas, devem aprender e isso consolidado em dez competências que perpassam todas as etapas da educação básica.

Fonte: Comunicação Seduc

Whatsapp Redação: (92)99191- 9814

 


Warning: A non-numeric value encountered in /home/portaldocareiro/public_html/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009