TSE decide hoje (22.08) se José Melo volta ou não ao cargo de Governador do Estado do Amazonas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgará hoje os recursos que podem, em tese, levar à suspensão da eleição suplementar no Amazonas. Na prática, a corte decidirá se a escolha do governador deverá ser de forma indireta, pela Assembleia Legislativa (ALE-AM), ou direta, pela população, ou ainda se José Melo e Henrique Oliveira retornam aos cargos de governador e vice-governador do Amazonas.

Nos recursos a serem jugados hoje, ao contestar a decisão do TSE, Melo pede a anulação da eleição direta e o retorno ao cargo.  Henrique quer que o TSE separe as responsabilidades dos delitos entre ele e o governador e solicita assumir o comando do Estado. Enquanto isso, a ALE-AM e o Ministério Público Eleitoral contestam a decisão que mandou realizar eleição direta, classificam-na de inconstitucional e pedem que a eleição do novo governador seja feita pela via indireta pelos 24 deputados estaduais.

Facebook: www.facebook.com/portaldocareiro/
Twitter: @PortaldoCareiro
Redação: (92)99191-9814