TSE confirma cassação de Melo e convoca nova eleição para governador

O Tribunal Superior Eleitoral confirmou hoje, a cassação do governador do Amazonas, por compra de votos, em ação ajuizada pela Coligação Renovação e Experiência que teve o senador Eduardo Braga (PMDB) como candidato ao governo, nas eleições de 2014.

O TSE também decidiu que haverá nova eleição para governador.

Dois ministros (Napoleão Maia e Luciana Lóssio) votaram a favor de Melo. Quatro ministros (Luis Roberto Barroso, Edson Fachin, Herman Benjamin, Admar Gonzaga e Rosa Weber), votaram contra.

A defesa do governador José Melo ainda pode interpor o recurso de Embargos de Declaração que não mudará o resultado do julgamento.

Apos a publicação do acórdão, o presidente da Assembleia Legislativa, Davi Almeida assumirá o governo e convocará novas eleições em 60 dias.

Siga o Portal do Careiro nas redes sociais:
Facebook: www.facebook.com/portaldocareiro/
Twitter: @PortaldoCareiro