Solenidade na CMM pela comemoração de 35 anos do PDT

Stone Machado 2° Vice-Presidente do PDT -AM e o Ver. Diego Afonso

Nesta quinta-feira (25), às 10h, no auditório da Câmara Municipal de Manaus (CMM), bairro Santo Antônio, Zona Oeste de Manaus, filiados, parlamentares e diretoria do Partido Democrático Trabalhista (PDT) participaram da Sessão Solene em comemoração aos 35 anos de fundação do partido. A propositura da homenagem é do vereador Diego Afonso do PDT, vice-presidente municipal do partido.

No Amazonas, o PDT surgiu no dia 10 de novembro de 1981, fundado por homens e mulheres indignados oriundos das universidades e dos movimentos dos trabalhadores que começaram a se reorganizar no Brasil, depois da abertura política surgida em 1979 com a campanha da Anistia Ampla, Geral e Irrestrita, coordenada por intelectuais, artistas, jornalistas, políticos progressistas, religiosos de vários credos, sindicalistas e estudantes.

O vereador lembrou que no Estado do Amazonas o PDT tive nomes grande destaque como foi o caso do senador Jefferson Péres, que representou o Amazonas no cenário político nacional com maestria e dignidade”, disse o vereador Diego Afonso.

Disney e integrantes do PDT

Atualmente, o PDT-AM é comandado pelo deputado federal Hissa Abrahão e tem como vice-presidentes o deputado estadual Adjuto Afonso e Stones Machado. De acordo com Hissa, nas eleições de 2016, o partido elegeu 22 vereadores, três prefeitos e dois vice-prefeitos.

Junior Resgate e amigos do PDT.

Na solenidade de hoje na Câmara Municipal de Manaus o PDT foi representado por Stone Machado 2° Vice-Presidente do PDT -AM com á presença de vários filiados do Partido.

Registrando a comemoração de 35 anos do PDT.

Para o dirigente partidário, Ademir Ramos, antropólogo e presidente da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP/AM), o PDT tem seus princípios e valores fincados na consciência democrática nacional respaldada nas lutas históricas do trabalhismo brasileiro. “O partido inspira-se na Declaração dos Direitos Humanos das Nações Unidas, no conteúdo da Carta Testamento do Presidente Getúlio Vargas e na Carta de Lisboa, elaborada no exílio, com a participação de Leonel Brizola, líderes trabalhistas e intelectuais da grandeza do Professor Darcy Ribeiro, entre outros patriotas”.

Facebook: www.facebook.com/portaldocareiro/
Twitter: @PortaldoCareiro
Redação: (92)99191- 9814