Sem compromisso abre o carnaval 2018 homenageando dona Zuzu a baiana mais antiga do carnaval amazonense

As irmãs Fátima e Nazaré Marques fizeram questão de tirar foto ao lado da Dona Zuzu

Manaus-AM, Escola de Samba Sem Compromisso abriu na noite deste sábado (10/02) os desfiles das Escolas de Samba do Grupo Especial no Sambódromo de Manaus homenageado Dona Zuzu a baiana mais antiga do carnaval amazonense.

A costureira Zuila Pereira Serra, que aos 87 anos ganhou a honra de ser o tema da agremiação amarela e preta. Com isso, se faz justiça a  essa grande sambista amazonense, que representa a resistência da mulher negra amazonense.

Dona Zuzu, como é conhecida no mundo do Carnaval, é uma das mais antigas baianas de escola de samba de Manaus em atividade, tendo mais de 70 anos desfilando. Seu enredo é “Dona Zuzu, a Pérola dos Orixás, convida: Ô Iaiá vem ver, Ô Iaiá vem cá / Vem Ver Moça Bonita no Arraial do Boulevard”.

Filha de maranhense com cearense, ela começou sua trajetória no samba na agremiação Voz da Liberdade, escola contemporânea da Mixta da Praça 14 de Janeiro, a primeira escola de samba da cidade, e do qual ela também fez parte junto com Tia Lurdinha, famosa baiana e quituteira já-falecida da Vitória Régia.

Por vários anos foi costureira para a Sem Compromisso e outras escolas da cidade, mas problemas com a osteosporose acabaram limitando algumas das coisas que fazia frequentemente. Uma fratura na bacia, sofrida após um escorregão no banheiro de sua casa, há cerca de três meses, obrigou-a se locomover temporariamente em uma cadeira de rodas.

Nada impediu de Dona Zuzu, afinal já há cerca de  cinco  anos o seu desfile acontece como destaque em um dos carros alegóricos.

Edson Brito – Portal do Careiro

Whatsapp Redação: (92)99191- 9814