Satélite de Comunicações fará cobertura de internet em todo o Brasil

O Satélite Brasileiro

O SGDC é um importante projeto de Estado, que atende a dois objetivos principais: prover comunicações seguras para o sistema de defesa nacional e para as comunicações estratégica do Governo e promover o desenvolvimento socioeconômico do Brasil, proporcionando a todos os brasileiros um país conectado por meio da massificação da banda larga. O SGDC marca um momento histórico no país. É o primeiro satélite brasileiro concebido exclusivamente para a transmissão de dados com alta velocidade e qualidade na banda Ka, cobrindo todo o território nacional e a Amazônia Azul.

O SGDC é um satélite extremamente avançado e imprescindível que utilizará a alta capacidade da banda Ka para ampliar a oferta de banda larga aos locais mais distantes do Brasil com internet de qualidade. Vai assegurar a defesa e soberania nacionais e expansão da capacidade operacional das Forças Armadas, operando em banda X. O Projeto SGDC é um dos maiores projetos de telecomunicações no Brasil nos últimos 20 anos, e vai mudar a vida de todos os brasileiros, proporcionando um país conectado não só com tecnologia, educação, saúde, serviços públicos e conhecimento, mas também com cidadania, igualdade e justiça social. Isso é Telebras.

Transferência e Circulação de Conhecimento e Tecnologia – Por meio de acordo bilateral firmado com a França, a Telebras e a Agência Espacial Brasileira (AEB) elaboraram um plano de absorção e transferência de conhecimentos técnicos para dar apoio ao desenvolvimento do programa espacial brasileiro. Mais de 100 especialistas brasileiros acompanharam todo o processo de construção do SGDC, em Cannes e Toulouse, França. São profissionais da Telebras, Visiona (joint venture entre a Telebras e a Embraer), da iniciativa privada e de órgãos como Ministério da Defesa, AEB e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), vinculados ao Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC). Cinco empresas brasileiras firmaram contrato de subvenção econômica junto à Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), e já se beneficiam do acordo de transferência de tecnologia, fruto do Projeto SGDC. Essas empresas atuarão nas áreas de propulsão; potência e painéis solares; controle térmico; estruturas mecânicas de alta estabilidade baseadas em fibra de carbono; e componentes FPGA e ASIC para aplicações espaciais embarcadas.

Alta Certificação – O design do principal Centro de Operações Espaciais (COPE) da Telebras, que abrigará um dos Data Centers para operação do satélite brasileiro, em Brasília, recebeu em agosto de 2016 a certificação TIER IV do Uptime Institute, localizado em Seattle, Estados Unidos. A classificação TIER IV é o mais alto nível de disponibilidade e confiabilidade que um datacenter pode oferecer numa instalação de missão crítica. É conhecida como Fault Tolerant (tolerante a falhas), a qual deixa o site imune a qualquer paralisação de infraestrutura. Essa certificação, conquistada pela Telebras, foi concedida de forma inédita a uma empresa do setor de telecomunicações no Brasil.

Siga o Portal do Careiro nas redes sociais:
Facebook: www.facebook.com/portaldocareiro/
Twitter: @PortaldoCareiro
Redação: (92)99191-9814