Presidente do Sindicato dos Rodoviários “Suspendemos a paralisação a pedido do prefeito”

Os trabalhadores estavam em greve desde 5h, quando paralisaram 100% a frota de 1.381 ônibus do transporte público de Manaus, contrariando determinação judicial emitida pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) no último domingo (25).

Em nota, Arthur Neto disse que convocou os rodoviários para uma rodada de negociação na tarde desta segunda-feira (26), às 14h, na sede da Prefeitura. O prefeito, no entanto, colocou como condição, o retorno imediato dos rodoviários ao trabalho. Por volta das 10h40, os coletivos começaram a sair das garagens.

Givancir Oliveira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Manaus afirmou que se não tiver acordo durante a reunião com o prefeito, amanhã, a categoria vai parar mais uma vez. “Hoje foi um protesto, se não tiver negociação hoje, amanhã pode amanhecer parado de novo”, garantiu. “Foi muito difícil fazer voltar hoje”.

Assista a entrevista do presidente do Sindicato

Twitter: @PortaldoCareiro
Redação: (92)99191- 9814