Nota à imprensa

Nota à imprensa

A coligação “Mudança com Segurança” lamenta a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que suspendeu as eleições suplementares no Estado do Amazonas, em caráter liminar, nesta quarta-feira (28/09). O respeito à decisão da justiça deve acontecer, mas é inadmissível que o futuro de um Estado esteja nas mãos de uma minoria política. É preciso que o poder judiciário ofereça aos cidadãos a segurança jurídica, não permitindo que artifícios e manobras causem prejuízos à sociedade. Que os embargos de declaração sejam julgados o mais breve possível.

A população do Amazonas já sofreu muito com um governo distante, e uma eleição suplementar é a oportunidade de dar voz ao cidadão. O Partido Popular Socialista (PPS) espera que a decisão de escolher o novo governador seja feita pelo povo e que o direito ao voto seja respeitado. Assim que essa questão jurídica for resolvida, o PPS seguirá firme no projeto de eleger a jornalista Liliane Araújo ao governo do Estado.

 Assina o presidente do PPS, Elcy Barroso Jr.

Twitter: @PortaldoCareiro
Redação: (92)99191- 9814