Negado o pedido de embargos de José Melo, eleição complementar prossegue

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitaram, por unanimidade, durante sessão desta terça-feira (22), os seis embargados de declaração que tentavam modificar a decisão que cassou os mandados do ex-governador José Melo (Pros) e do ex-vice-governador Henrique Oliveira (Solidariedade).

Com esta decisão estão mantidas as eleições complementares 2017 o segundo turno será no dia 27.08 entre Amazonino Mendes (PDT) e Eduardo Braga (PMDB)

Facebook: www.facebook.com/portaldocareiro/
Twitter: @PortaldoCareiro
Redação: (92)99191-9814