Luiz Castro defende modelos inovadores de economia para gerar emprego

Fot: Assessoria de Comunicações

Incentivar o empreendedorismo para gerar emprego e renda no Amazonas, com iniciativas da economia criativa e start ups, é uma das diretrizes do plano de trabalho do deputado Luiz Castro,180, na disputa por uma das duas vagas ao Senado Federal, na chapa majoritária da coligação PSC/Rede/PRTB, encabeçada pelo candidato ao governo do Estado, Wilson Lima, 20.

“Precisamos estimular as alternativas inovadoras de geração de emprego, em novos modelos de negócios, principalmente para os jovens que saem das universidades e não encontram vaga no mercado, diante  da crise que afeta todos os setores da economia”, destaca Luiz Castro.

O Amazonas, na avaliação do candidato, detém um enorme potencial de riqueza na sua biodiversidade, que precisa ser utilizada de forma sustentável, para a produção de fármacos, de cosméticos e de alimentos, que vão gerar renda na capital e no interior do Estado. “E as star ups são alternativas de  comercialização para esses produtos e para outros serviços”, completa.

Nessa perspectiva, Luiz Castro aponta o Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA) como fundamental no desenvolvimento de projetos e pesquisas para fomentar a bioindústria na região. “Vamos lutar no Senado para que o CBA se torne uma realidade, na promoção da ciência e da tecnologia, em benefício das populações da Amazônia”, afirma.

Luiz Castro defende também o Polo Industrial de Manaus (PIM) como fonte geradora de receita e de emprego no Estado. “Esse é um dos compromissos que eu pretendo levar para o Senado. Precisamos recuperar  a credibilidade da Suframa e fortalecer a Zona Franca para atrair novos empreendimentos para a região amazônica”, destaca Luiz Castro.

Os amazonenses, segundo o candidato, estão cansados de sucessivos governantes da velha política, que não fincaram as bases da economia do Estado, nem procuraram desenvolver alternativas ao Polo Industrial. “É hora de mudar, de colocar o Amazonas no século 21, com novas matrizes econômicas sustentáveis, baseadas na inovação tecnológica”, defende Luiz Castro.

Assessoria de Comunicação Deputado Estadual Luiz Castro (Rede Sustentabilidade)

 

Whatsapp Redação: (92)99191- 9814