Com apenas 18 dias de trabalho o governador Amazonino Mendes entregou hoje 51 novas viaturas e anunciou reforço no policiamento

O governador Amazonino Mendes nesta segunda-feira, dia 23 de outubro, entregou 51 novas viaturas da Polícia Militar do Amazonas (PMA) e anunciou o aumento do efetivo de policiais em onze bairros da região.

“O Bosco Saraiva (vice-governador e secretário de Segurança) me avisou que no próximo dia 17 entraremos na zona norte. Estou feliz porque a gente não tem nem um mês de governo. Isso mostra para a população que viemos para fazer e não foi para brincar. A secretaria faz esse trabalho junto com a PM sem ter recebido um tostão. É só ato administrativo. E a gente já tem essa resposta. É um alivio para a zona leste”, ressaltou Amazonino.

De acordo com o governador Amazonino, o amor à causa pública acelerou, em 18 dias, o reforço no policiamento em uma das zonas mais populosas da cidade. “A nossa ação é voltada para a causa pública. A nossa ação veio para honrar a causa pública. Com apenas 18 dias, com trabalho, com amor à causa pública, espírito administrativo, e aqui está o resultado. Mais 51 novas viaturas, 480 militares escalados, organizados, prontos para trabalhar.  É isso que estamos fazendo diariamente no governo. E assim nós vamos cumprindo com o nosso objetivo, que é dar tranquilidade e paz ao povo amazonense”, declarou.

 Para o aposentado Manoel Santana Valente, 72, morador do bairro Nova Vitória, o reforço no policiamento chega em boa hora. “Finalmente nós, moradores, vamos poder sair às ruas do bairro tranquilamente, ficar em frente das nossas casas. Hoje, não podemos mais ficar em paz em nossas próprias casas. Parabéns ao governador Amazonino por ouvir o nosso apelo”, afirmou o aposentado.

Segurança – O vice-governador e secretário de Segurança, Bosco Saraiva, destacou que o reforço no policiamento ostensivo comunitário conta com o uso de tecnologia embarcada nas viaturas. “É a mesma plataforma usada no passado, porém com um avanço do uso de tecnologia. A polícia conta com um centro integrado (CICC), o uso de drones para vigiar a região pelo céu, para vigiar com mais rapidez e, principalmente, com a participação dos líderes comunitários”, disse.

Bosco Saraiva informou que o reforço no policiamento comunitário ocorrerá de maneira gradual, alcançando prioritariamente as ruas dos bairros com maior índice de criminalidade.  “O reforço do patrulhamento na cidade começa pela zona leste, seguindo, posteriormente, pela zona norte, até cobrir toda a planta de Manaus. O modelo seguirá o mesmo padrão do extinto programa Ronda no Bairro, dividindo o patrulhamento por zonas geográficas, com efetivo permanente e atuação em parceria com a comunidade”, afirmou Bosco Saraiva.

Tecnologia – As novas viaturas possuem tecnologia embarcada, como GPS e câmeras internas e externas integradas ao Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops). O uso de tecnologia moderna vai permitir mais efetividade ao trabalho de 480 policiais militares, de oito Companhias Interativas Comunitárias (Cicoms) da zona leste, que vão patrulhar diuturnamente as ruas dos bairros Gilberto Mestrinho, Distrito Industrial 2, São José, Coroado, Tancredo Neves, Jorge Teixeira, Zumbi, Armando Mendes, Colônia Antônio Aleixo, Puraquequara e Mauazinho. Somadas às novas viaturas, os policiais utilizarão 50 motocicletas no patrulhamento.

A ronda ostensiva na zona leste foi dividida em 41 setores, sendo cada viatura responsável por monitorar uma área de cerca de 1,5 quilômetro quadrado, com oito militares por setor, divididos em dois turnos. Seguindo os relatórios estatísticos da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), o planejamento operacional vai atuar em cima das chamadas manchas criminais, reforçando o policiamento em regiões com maior índice de ocorrências. Além dos carros, motocicletas também serão empregadas no policiamento ostensivo, com atuação especial nas regiões e horários considerados críticos nos bairros.

Twitter: @PortaldoCareiro
Whatsapp Redação: (92)99191- 9814